Make your own free website on Tripod.com

LEV SEMYONOVITCH VYGOTSKY

            Vygotsky, foi contemporâneo de Piaget, nasceu na Bielo-Rússia em 5 de novembro de 1896, viveu na Rússia e morreu de tuberculose aos 38 anos. Formou-se em literatura e direito na Universidade de Moscou e mais tarde estudou medicina.

            Seu trabalho foi pesquisa em literatura, psicologia, deficiência física e mental e em educação.

            Construiu sua teoria tendo por base o desenvolvimento do indivíduo como resultado de um processo histórico, enfatizando o papel da linguagem e da aprendizagem nesse desenvolvimento, sendo esta teoria considerada histórico-social.

            Sua questão central é a aquisição do conhecimento pela interação do sujeito com o meio, pois a interação social e o instrumento da linguagem são decisivos para o desenvolvimento.

            Uma idéia central para a compreensão de suas concepções sobre o desenvolvimento humano como processo sócio-histórico é a idéia de mediação. Ele enfatiza que a construção do conhecimento é uma interação mediada por várias relações, ou seja, o conhecimento não está sendo visto como uma ação do sujeito sobre a realidade, e sim pela mediação feita por outro sujeito.

            Para ele, o sujeito não é apenas ativo, mas interativo, porque forma conhecimentos e se constitui a partir de relações intra e interpessoais. É na troca com os outros sujeitos e consigo próprio que se vão internalizando conhecimentos, papéis e funções sociais, o que permite a formação de conhecimentos e da própria consciência.

            Existem pelo menos dois níveis de desenvolvimento identificados por Vygotsky:

-         Zona de desenvolvimento real: a criança é capaz de realizar determinadas tarefas sozinha.

-         Zona de desenvolvimento proximal: a criança realiza determinadas tarefas com a ajuda de outras pessoas.

Segundo Vigotsky, o papel do docente é provocar avanço nos alunos e isso se torna possível com sua interferência na zona proximal.

Desta forma verificamos o quanto a aprendizagem interativa permite que o desenvolvimento avance.

Vygotsky teve contato com a obra de Piaget e embora teça elogios a ela em vários aspectos, também a critica, por considerar que Piaget não deu a devida importância a situação social e ao meio.

Ambos atribuem grande importância ao organismo ativo, mas Vygotsky destaca o papel do contexto histórico e cultural nos processos de desenvolvimento e aprendizagem, sendo chamado de sócio-interacionista e não apenas interacionista como Piaget.

Voltar